Novos hábitos são adquiridos após 66 dias de vivência

Novos hábitos são adquiridos após 66 dias de vivência

Nossa rotina foi alterada, e estamos nos adaptando aos poucos a ela, até porque, nada muda do dia para a noite, e novos hábitos são adquiridos após 66 dias de vivência.

De lá pra cá, muita coisa mudou, e novos hábitos precisaram ser incorporados em nossa rotina.

Novos hábitos e uma nova realidade

Apesar de cada país se encontrar num estágio diferente do combate ao Coronavírus, o mundo está lidando com a pandemia desde dezembro de 2019.

Enquanto alguns avançam na vacinação, outros, como o Brasil, possuem números ainda extremamente baixos da população vacinada.

Mas, apesar disso, é inegável que todos os povos sofreram alterações em algum grau da sua rotina, e precisaram adotar novos hábitos.

O comércio é virtual, o ensino das escolas acontece à distância, o trabalho é remoto.

De acordo com o psicólogo de consumo Paul Marsden, da Universidade de Artes de Londres, normalmente leva pouco mais de dois meses para uma pessoa adquirir novos hábitos

Portanto, levamos cerca de 66 dias, uns mais, outros menos, para adaptarmo-nos a novos hábitos, e darmos continuidade a eles. 

E esse tema merece atenção quando falamos sobre o comportamento do consumidor.

Novos hábitos também no consumo

Diante do temor de infecção, e também dos riscos de desemprego e diminuição da renda, os compradores estão adquirindo novos hábitos também no consumo, e mudando a forma como compram produtos

Há um maior planejamento por parte do consumidor, que está mais atento às recomendações de segurança e saúde, e menos preocupado com a velocidade de entrega do produto.

O Faça Você Mesmo é um desses novos hábitos, e está ganhando cada vez mais espaço na rotina de muitas famílias.

E isso pode ser observado pelo número crescente de pessoas que estão optando por cozinhar em casa, até mesmo como forma terapêutica, como revela a consultoria Nielsen.

Outros hábitos que foram incluídos na rotina foi o corte e pintura do próprio cabelo, já que os salões de beleza e barbearias estão fechados, conforme aponta o site de comércio eletrônico Food52.

Novos hábitos permanecem no pós-pandemia

Novos hábitos são adquiridos após 66 dias, e grande parte deles tende a permanecer no dia-a-dia das pessoas. 

Então, engana-se quem acredita que esses costumes, adquiridos durante a pandemia, serão extintos após o retorno à normalidade. 

Segundo estudo da Accenture, líder mundial em consultoria de gestão, tecnologia e informação empresarial, grande parte da população pretende manter alguns dos novos hábitos mesmo após esse período.

Um dos novos hábitos que serão incorporados à rotina de muitos profissionais é a adesão ao home office permanentemente, ou por mais dias da semana.

Aceitar essa mudança de comportamento e saber lidar com esses novos hábitos e padrões de consumo podem ajudar o empreendedor a encontrar saídas para o enfrentamento da crise.

Mas aceitar incluir na rotina esses novos hábitos pode trazer outros benefícios, como preparar o empreendedor para a retomada das atividades comerciais.

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

Um comentário em “Novos hábitos são adquiridos após 66 dias de vivência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: