Relacionamento com o cliente: como está o seu pós-venda?

Relacionamento com o cliente como está o seu pós-venda

Muita gente cai no engano de acreditar que o objetivo final de um empreendimento é única e exclusivamente realizar uma venda, deixando de lado o pós-venda e o relacionamento mais profundo com o cliente. 

Pensando assim, depois de ser concluída, o que o comerciante pode esperar acontecer? Uma opção seria aguardar até que outro cliente se interesse pelo produto ou serviço e realize uma nova compra. 

O prazo entre o primeiro e o segundo clientes é variável, podendo durar alguns minutos – isso se não houver mais de um cliente ao mesmo tempo efetuando a compra – ou levar horas, dias e, quem sabe, semanas para que um novo interessado apareça. Será que o comerciante tem tempo para ficar esperando novos compradores?

Enquanto sua loja está vazia, e os colaboradores parados aguardando alguém entrar, o aluguel continua sendo corado, mesmo pelo espaço ocioso; o relógio de energia e de água seguem girando; e os boletos dos fornecedores não param de chegar só porque não tem ninguém comprando. Qual a solução para isso, então?

O pós-venda como ferramenta de marketing

Um trabalho interessante que pode ser acrescido a todos os demais que incluem o processo de marketing, é o pós-venda. Uma ferramenta interessante e poderosa, que coloca sua marca em contato com o cliente mesmo depois de ele já ter deixado seu endereço.

O pós-venda é uma prática muito comum no ambiente da internet. Após efetuarmos a compra de algum item, em seguida a loja entra em contato via email.

Essas mensagens – com a possibilidade de serem automáticas dada a sua natureza – geralmente são de agradecimento, de sugestão de novas compras com ofertas e vouchers com desconto, informações para o acompanhamento do seu pedido, ou ainda a solicitação de um feedback,

Se as lojas virtuais têm como prática fundamental o pós-venda, porque não realizarmos isso também no ambiente real, em nossos endereços físicos?

Como fazer o pós-venda no mundo físico?

Um telefonema, uma mensagem no celular, ou um email podem te ajudar a ter informações preciosas daquela venda, como: o cliente gostou da compra? Ele está satisfeito com o produto ou serviço? O que ele achou do preço e da forma de pagamento? Ele faria essa compra novamente? Ou ainda mais importante, ele indicaria a sua loja para amigos e familiares?

O pós-venda precisa ser internalizado e fazer parte do dia-a-dia da empresa, uma prática corriqueira, sistemática e constante.

As informações obtidas nesse processo têm um valor incalculável e, muitas vezes, são as melhores munições para seguir anunciando, vendendo, fidelizando e criando novos produtos e serviços para seus clientes. 

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

Um comentário em “Relacionamento com o cliente: como está o seu pós-venda?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: