A resiliência nos mostra que retroceder também é avançar

A resiliência é a prova de que retroceder também é avançar

E para quando as coisas não correrem da forma como esperamos, parar ou dar um passo atrás pode ser a salvação. Nem toda resposta está à frente, e a resiliência nos mostra que retroceder também é avançar.

Desistir não é um termo bem-vindo no vocabulário de quem quer empreender. Se acreditamos que a crise nos move e nos impulsiona a inovar, não será uma situação adversa que nos impedirá de sonhar. É preciso coragem para seguir acreditando.

Resiliência é uma habilidade necessária

Segundo Michael Rutter, reconhecido como o pai da psicologia infantil, materiais resilientes são aqueles capazes de sofrer fortes pressões e, depois, voltarem ao seu estado normal.

O psicólogo libanês, multipremiado no Reino Unido, utilizou conceitos da física para desenvolver a teoria no campo da pedopsiquiatria (ou psiquiatria infantil), para explicar o que é a resiliência e quão importante é que uma pessoa seja dotada da capacidade de adaptar-se em situações contrárias.

A pessoa resiliente não se compara ao carvalho, que apesar do seu esplendor em meio à uma floresta, se rompe diante de uma forte tempestade. O frágil cipó, por outro lado, cede à força do vento, mas passada a tormenta, torna a se levantar e se prepara para a chegada da primavera.

Empreender requer propósito 

Para a psicóloga e autora Mariane Menegatti, resiliência é o treinamento da capacidade de adaptar-se a mudanças, especialmente as negativas, que são, geralmente, mais difíceis de serem enfrentadas e aceitas por nós. 

Para a especialista, é importante, entre outras coisas, que o indivíduo tenha um propósito de vida: “já que isso estimula o indivíduo a conseguir perseverar mesmo em meio às dificuldades”, afirma.

Além de contribuir para o aumento da resiliência no ser humano, para alguém que deseja empreender e começar um novo negócio, propósito é uma ambição a ser perseguida desde a concepção da ideia, até sua execução final. 

A resiliência, te ajuda a seguir em frente, e a continuar acreditando nos seus sonhos.

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

2 comentários em “A resiliência nos mostra que retroceder também é avançar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: