É preciso coragem para empreender

É preciso coragem para empreender

Coragem. Ah! Que bela palavra! E com ela, uma enorme responsabilidade. Coragem tem origem no latim, coraticum, e significa nada menos que “ação do coração”. E, sem sombra de dúvida, é preciso coragem para empreender, pois os riscos são muitos, e as dificuldades, enormes.

Mas que a gramática não nos engane, e que a história nos ensine: muitos séculos atrás, o coração era considerado como a sede da coragem e da inteligência, ou seja, a razão e a emoção caminhavam juntas, e deveriam cumprir um propósito em comum.

Agir com o coração, nesses termos, portanto, é empenhar-se, desdobrar-se, se dispor e ir muito além. Acreditar firmemente em tudo o que você está fazendo, e colocar em prática cada ideia, não permitindo que elas se percam.

Voltar atrás também requer coragem

Ainda que a coragem que faça seguir rumo ao sonho que você pretende, muitas vezes a caminhada te força a reorganizar as ideias, voltar atrás e recomeçar. E isso também requer muita coragem e flexibilidade.

A coragem te permite dar os primeiros, e talvez, mais importantes passos. Ela te impele a seguir e avançar no seu propósito. Todavia, não é demérito algum retroceder, repensar e refazer. Ao contrário, é preciso muita coragem para empreender o tempo todo, inclusive parar quando for necessário. 

Coragem para acreditar no que ninguém mais crê

Empreender é, antes de tudo, ter muita coragem para crer em alguma coisa que ninguém dá valor, ou que muitos considerariam insanidade. Investir tempo, dinheiro e paciência, e dispender muita energia para agir de forma inteligente e racional, mas sem abrir mão daquilo que te move. E isso pode ser um sonho, um desejo, um ideal. Tudo aquilo que move seu coração.

É acreditar no propósito e seguir adiante, a despeito dos cenários contrários que possam aparecer, e mesmo que num primeiro momento pareça perda de tempo. 

E por isso, é importante que o empreendedor mantenha sempre um contato próximo com seu público-alvo e clientes em potencial, justamente para saber se há necessidade de mudar alguma coisa, ou adaptar aquilo que você está criando.

Se há um propósito em sua criação, há igualmente um destinatário, e ele precisa saber o que você está fazendo, o tempo todo, já que é o principal interessado naquilo que você está fazendo.

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

Um comentário em “É preciso coragem para empreender

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: