Profissões do futuro: Parte 03 (Final)

Profissões do futuro Parte 03 (Final)

A quarentena nos impediu de circular livremente por aí. Sendo assim, e sabendo que tudo será transformado, que mundo e que sociedade queremos encontrar quando tudo isso acabar? Não há certeza de nada, apenas sabemos que novos ofícios e profissões do futuro estão prestes a surgir.

Para fechar nosso exercício de previsão de profissões do futuro, vamos abordar algumas ideias que parecem ser de outro planeta, mas na verdade já estão entre nós, aguardando o barateamento dessas tecnologias para se tornarem cada vez mais comuns no nosso dia-a-dia. Você pode conferir nos links a parte 01 e a parte 02 do tema.

06) Impressão 3D: Este não é o melhor momento para sair de casa para comer, e muita gente tem medo de pedir comida em casa, pelo delivery. E mesmo no pós-pandemia, muitos ainda estarão receosos de frequentar bares, lanchonetes e restaurantes. 

Com o barateamento de impressoras 3D, os amigos vão continuar se reunindo em casa, mas agora para criar sua própria comida, personalizando sua forma, seu sabor e seu aroma. Realmente parece coisa de outro mundo, mas as possibilidades com a impressão 3D são inumeráveis;

07) Curadoria: Se antes precisávamos sair de casa e ir à biblioteca para realizar pesquisas, hoje não há mais essa necessidade. Ferramentas de busca como o Google, nos dão respostas imediatas. 

O que muitos ainda não compreenderam, é que Curadoria de Informação pode se tornar uma das profissões do futuro mais interessantes para quem almeja trabalhar em regime de home office. Jornalistas, escritores e autores, pesquisadores entre outros profissionais podem enveredar para esse caminho, e modificar o atual trabalho;

08) Arquitetura: Edifícios, casas e cidades continuarão surgindo, mas a forma como as construímos e edificamos precisa mudar. Estudos de novos materiais, que agridem menos a natureza e o meio ambiente, estão cada vez mais vindo à tona. 

Com o crescimento populacional em expansão, cidades remodeladas e reorganizadas também serão necessárias, atendendo a critérios de mobilidade urbana sustentável, acessibilidade, e recursos renováveis, as chamadas cidades inteligentes e criativas.

Adaptação do mercado às profissões do futuro

Não há como esperar que os profissionais de hoje simplesmente mudem uma chave e passem a exercer essas funções do dia para a noite. Deve haver um processo de estudo, treinamento e adaptação para enfrentar os novos modelos de trabalho, mediante às novas necessidades da sociedade nascente a partir da pandemia mundial de Coronavírus.

O mercado de trabalho precisará de treinamento constante, e os trabalhadores deverão buscar conhecimento prático para exercer novas funções. O lifelong learning é a opção mais indicada para este fim.

As profissões do futuro são, sem sombra de dúvida, uma forma de colocar profissionais de diferentes áreas para trabalharem de maneira interdisciplinarmente, fomentando a colaboração e a cocriação, peças-chave para o trabalho futuro. Além de integrar pessoas a reais soluções de suas necessidades.

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: