Profissões do futuro: Empregos vão desaparecer? (Parte 01)

Profissões do futuro Parte 01

Falar em profissões do futuro pode parecer algo muito distante ou simplesmente enredo de filmes de Hollywood.

Entretanto, as profissões do futuro estão se aproximando de nós a cada dia, especialmente após a pandemia que atravessamos.

Especialistas em futurismo

Varejistas brasileiros afirmam que a pandemia de Coronavírus fez o mundo avançar pelo menos uma década. 

Todas as mudanças previstas para acontecerem dentro de 15 anos, ocorreram dentro dos últimos 18 meses. 

Portanto, tivemos um ano e meio para ver e vivenciar as coisas mudando radicalmente ao nosso redor.

A quarentena foi recomendada em diversos locais do planeta. Alguns países, inclusive, multaram cidadãos que desrespeitaram a solicitação.

Com as pessoas em casa, e impossibilitadas de sair para trabalhar, que mundo podemos projetar a partir da pandemia? 

Vamos exercitar um pouco o nosso poder de previsão? Ah, e se você acha que tudo o que vamos falar aqui é roteiro de filme de ficção, não é, não.

Tudo isso já vem acontecendo em algum lugar do mundo, o que falta é recurso para tornar tudo mais barato e acessível ao consumidor final.

Existem diversos escritórios e profissionais especializados em tendências da economia e do mercado.

Entre eles, citamos:

  • McKinsey – uma das principais consultorias internacionais sobre tendências da economia;
  • Banco Mundial – um dos mais importantes órgãos internacionais que projetam o futuro do trabalho e da economia das nações;
  • Fórum Econômico Mundial – referência no estudo de futuros possíveis e prováveis para a economia e o mercado de trabalho a nível mundial;
  • IBM – empresa de tecnologia, que tem um ramo focado na identificação de tendências para a sociedade;
  • O Futuro Das Coisas – portal braisleiro com informações sobre a previsibilidade do mercado de trabalho no Brasil e no mundo.

Ao entrar em contato com os relatórios desses órgãos e empresas, podemos observar uma crescente em algumas tendências.

Exemplos de profissões do futuro

O mercado de trabalho está mudando, e a partir de agora vamos apresentar algumas indicações de futuro.

  1. Streaming: Número cada vez mais crescente de assinantes de plataformas de entretenimento.
  1. Telemedicina: Uma das grandes conquistas para o mundo pós-pandemia, o atendimento à distância é revolucionário e salva vidas.
  1. Ensino à Distância (EaD): A forma de obter conhecimento e formação mais disruptiva dos últimos tempos.

Vamos falar mais detalhadamente sobre cada uma dessas três primeiras tendências.

Streaming

Imagina quantas pessoas aproveitaram os 30 dias grátis de Netflix, Amazon e Disney+, e depois de encantados, permaneceram conectados? 

Esse tipo de proposta é uma isca para atrair novos assinantes a uma plataforma de entretenimento.

Um exemplo disso foi o da empresa do bilionário Jeff Bezos, aumentou o prazo de experimentação do Amazon Music de 30 para 90 dias.

Além da gigante norte-americana, o Rappi, serviço de delivery da Colômbia, anunciou a criação de um Super App.

Com atuação em diversos países da América Latina, inclusive o Brasil, a empresa quer possibilitar ao usuário usufruir de outros serviços.

Ouvir músicas, jogar e participar de lives, por meio dos três novos botões, já disponíveis no aplicativo: Rappi Games, Rappi Live Events e Rappi Music;

Além de serviços de entretenimento, existem também aqueles voltados para cursos e formações variadas ou específicas.

Telemedicina

A resolução 2.227/18 foi revogada pelo CFM, o Conselho Federal de Medicina, em 2019. 

Assim, o Brasil fica atrás no que há de mais moderno e humano no mundo, hoje: assistência médica à distância.

A telemedicina já é uma realidade em vários países da Europa há alguns anos, e isso contribui muito na qualidade de vida das pessoas.

Durante a pandemia, isso foi comprovado, já que as pessoas passaram meses dentro de suas casas, em quarentena.

Sem poder se deslocar, muita gente usou o telefone ou outras tecnologias disponíveis para se consultar com um profissional de saúde.

Além de médicos, nutricionistas e psicólogos também tiveram a possibilidade de trabalhar e atender à distância.

Ensino à Distância (EaD)

Não é novidade pra ninguém que o Ensino à Distância (EaD) mudou o mercado da educação no país e no mundo.

Em 2018, por exemplo no Brasil, foram ofertadas 7 milhões de vagas para a modalidade à distância.

Enquanto isso, para a educação presencial foram pouco mais de 6 milhões, ou seja, quase um milhão de vagas a menos que o EaD.

Além do maior acesso e comodidade para o estudante, ele tem a possibilidade de fazer um curso de diversas instituições de ensino do mundo.

A oferta de cursos também é infinita, em áreas que, sem o EaD, ele sequer poderia sonhar, e ainda obter diploma de grandes instituições.

São centros de estudos, pesquisas e universidades do mundo inteiro, que colocam suas aulas à disposição de todos aqueles que querem aprender.

O aluno pode se matricular em cursos oferecidos pela Universidade de São Paulo (USP), ou pela universidade de Harvard, dos EUA.

Profissões do futuro como consequência

A sociedade no mundo inteiro está em franca alteração, e sofrendo grandes transformações.

As profissões do futuro são uma resposta para essas mudanças. São frutos diretos de um mundo novo que está nascendo.

A disrupção é a temática que faz surgir novas necessidades e, assim, as profissões do futuro.
No próximo artigo, daremos sequência à lista de profissões do futuro, que podem mudar a vida do trabalhador e de quem usufrui dos novos serviços.

Publicado por Ibraim Gustavo

Ibraim Gustavo: Jornalista, pós-graduado em Marketing e MBA em Comunicação e Mídia. Possui formação em Profissões do Futuro (O Futuro das Coisas) e no Programa de Capacitação da Nova Economia (Startse). Empreendedor, sócio-fundador e COO da Freestory.

5 comentários em “Profissões do futuro: Empregos vão desaparecer? (Parte 01)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: